Ligue: +55 11 5511-9001
+55 11 99430-5288
SISTEMA PARA FABRICAÇÃO DE POSTES EM PRFV

Sistema composto por:
  1. Bobinadeira;
  2. Dosadora de resina e de catalisador;
  3. Furadeira;
  4. Desmoldadeira;
  5. Forno para 4 mandris com resistências;
  6. Moldes.

BOBINADEIRA

3 (três) eixos programáveis: Acionamento do mandril, movimento transversal do carro e rotacional do pente por sistema de eixo eletrônico, que permite perfeito sincronismo para a fabricação de peças com ângulo regulável entre 12º e 89º, sempre mantendo a precisão e o fechamento entre mechas. Permite também a produção de peças cônicas e com partes de diferentes secções, como, por exemplo, cilíndricas e quadradas na mesma peça;

Estrutura de movimentação: Estrutura tubular com barramento duplo funciona como um guia facilitando a movimentação do carro e evitando trancos, oscilações e ruídos na movimentação;

Carro: Deslocamento sobre barramento por sistema de rodízios reguláveis garantindo maior suavidade no movimento do carro. Sistema de rodízios verticais que proporcionam maior segurança durante a operação da bobinadeira;• Carro: Deslocamento sobre barramento por sistema de rodízios reguláveis garantindo maior suavidade no movimento do carro. Sistema de rodízios verticais que proporcionam maior segurança durante a operação da bobinadeira;

Sistema de Impregnação: Capacidade de rovings regulável com sistema de “guia fios” em ângulo e olhais em aço niquelado, o que facilita a colocação dos fios e diminui o atrito, evitando quebra nos fios e diminuindo o tempo de setup. Impregnação por imersão em cuba galvanizada e sistema de impregnação que permite aumento na velocidade de impregnação. Sistema para retirada do excesso de resina regulável evitando desperdícios e gerando maior controle na operação. Sistema de orientação da fibra tipo “arco”, que permite uma mecha mais compacta evitando espaços vazios entre os fios aumentando a qualidade visual e estrutural da peça;

Painel Eletrônico: Painel com controle via IHM touch screen que permite maior facilidade de programação e controle de produção. Sistema eletrônico de movimentação e sincronismo de eixo eletrônico, que garante passos perfeitos sem sobreposição ou espaços entre as mechas, aumentando a velocidade de produção e a resistência mecânica do produto final. Esse sistema permite também a produção dos mais diferenciados tipos de peças, assim como tanques, peças cônicas e cilíndricas. O sistema totalmente customizável permite entrada de dados para personalizar produtos que ficam guardados na memória interna, facilitando a reprodução de peças e agilizando a operação. Com a entrada dedados como, por exemplo, velocidade de impregnação, espessura e largura de mecha, incremento angular, ângulo de bobinagem, espessura final da peça, o sistema permite total controle na fabricação. O sistema também tem uma ferramenta para verificação dos dados de entrada evitando falhas na programação. Com essa ferramenta se pode verificar e corrigir a programação antes do início da produção, o que também evita perdas na produção.

Motorização: Motores de ímãs permanentes e redutores de alta qualidade com sistema eletromagnético de frenagem (quando aplicável) de alta rotação e potência que garantem ótima velocidade e suavidade na movimentação permitindo maior eficiência no processo produtivo. Terceiro eixo operado por servo-motor.
Motor do mandril: 15cv;
Motor do carro: 15cv.

Sistema de segurança e alarme: A bobinadeira dispõem de dispositivos de segurança que permitem a prevenção de falhas como problemas de avanço, falhas nos finais de curso, sobrecargas nos motores elétricos e outros problemas. O sistema conta também com alarme audiovisual e indicadores de erros na tela da IHM, evidenciando a ocorrência;

Programação: Programa interno que processa os dados de entrada, calculando e ajustando as velocidades e parâmetros de produção. Possibilidade de armazenar diversos programas na memória, selecionando-os de acordo com as necessidades da produção;

Entrada de dados: Através de teclado com tecnologia sensível ao toque (touch screen), os dados são solicitados de uma forma interativa, evitando erros de entrada;

Sistema elétrico: Bobinadeira fornecida com painel de operação equipado com chave geral, botoeiras de emergência, e demais componentes, bem como motores elétricos para220 V trifásico. Outras voltagens poderão ser fornecidas mediante solicitação.



DOSADORA DE RESINA E DE CATALISADOR

Relação Bomba de Resina 8:1;

Bomba escrava para catalisador (MEKP) em aço inox com regulagem de porcentagem de 0,5% a 3%;

Cabeçote com misturador estático;

Mangueiras prensadas;

Reservatório para solvente 10 litros em aço inox;

Reguladores independentes de pressão.



FURADEIRA

Furadeira de poste para poste topo quadrado;

Quatro furos por vez sincronizados;

Destopo na ponta quadrada;

Estrutura robusta;

Centralizador pneumático na parte quadrada do poste para a furação múltipla, com desencontro de fase a fase de 50mm, e para o destopo um sistema de corte de 360 graus;

Serra com fará através de cremalheira e engrenagem o giro do corte acionado por cilindro pneumático, proporcionando total corte em uma só vez, ao acabar o giro total de corte, retorna a o ponto inicial;

Quatro motoredutores planetários e quatro cilindros pneumáticos que farão a furação sincronizada sendo tracionada a base furadora através de redutor com deixando o poste fixo para todo o processo de furação;

Comando elétrico quadro de comando e seus componentes (cabos, fins de curso, sensores, clp etc.)

* Serras e brocas não estão inclusas na cotação.



DESMOLDADEIRA

02 cilindros hidráulicos de curso até o fim empurrando uma base desmoldante, contra o poste de fibra de vidro, onde o molde fica fixo na base do equipamento, e terá a possibilidade de usar um prolongador de curso para cada cilindro;

Tração da base desmoldante por um motoredutor que termina o processo, levando o poste até o contato com o trilho porta carro onde será apoiado o poste para finalização do processo;

9000mm de curso desmoldante onde a base desmoldante fará seu processo de trabalho;

Trilhos porta carros com duas elevações através de rosca manual para retirada do poste e livre acesso para o sistema de elevação (talha ponte ou monovia não inclusa);

Unidade hidráulica designada para todo o sistema hidráulico de desmoldagem;

Sistema elétrico com painel acionamento dos motores e acionamento do desmolde e botoeira de segurança.



ESTAÇÃO DE CURA PARA 4 MANDRIS COM RESISTÊNCIAS

Capacidade para até 4 postes, com capacidade para aumento no futuro;

Motor elétrico de 3cv.



MOLDES (MANDRIS)

Fabricados em aço carbono com comprimento de 12 metros úteis.